Fotografia autoral em tempos de quarentena

Atualizado: Mai 8

Texto: Carolina Engler.

6 de maio de 2020.

"Têm gente que viaja pra fora, eu prefiro viajar para dentro..."

Assim pode-se definir minha relação com a fotografia. Há muito tempo tenho clareza que a fotografia é, para mim, uma forma de me relacionar comigo mesma. Diferente do que acontece com muitos fotógrafos, não tenho o ímpeto de sair pelo mundo para mostrá-lo segundo minha perspectiva... Fotografo para mostrar o que vai por dentro... É minha maneira de me relacionar com a vida e com meus sentimentos.

A minha relação com a fotografia e com o ensino da mesma se interrelacionam o tempo todo: a única coisa que me lembro de querer ser antes de artista, é professora. As duas produções nascem em mim do mesmo lugar: do afeto.

Com tudo isso como pano de fundo, eu e minha sócia do Ateliê Cromo, Juliana Engler, a qual também é minha irmã e com a qual venho dividindo essa história na fotografia, resolvemos propor UM PROJETO FOTOGRÁFICO DE QUARENTENA o #desafio_ateliecromo. Este projeto é uma forma de nos relacionarmos com as outras pessoas através da arte. Estamos elaborando um olhar poético para as coisas mais corriqueiras do cotidiano e compartilhando no Instgram via #desafio_ateliecromo e ao mesmo tempo podendo acessar outras histórias, de outros fotógrafos, que decidiram embarcar nos seus próprios projetos fotográficos de quarentena e estão compartilhando conosco.

Imagem de Cássia Strazzacappa, eleita a melhor da 4ª semana do #desafio_ateliecromo

9 visualizações