World Press Photo: imagem de bebê migrante sob cerca é a 'foto do ano'

19 Feb 2016

Foto de Warren Richardson em fronteira sérvia tem tema marcante de 2015.
Brasileiro Mauricio Lima ficou com o 1º lugar na categoria 'Notícias Gerais'.

 

Imagem eleita 'foto do ano' mostra bebê em fuga de migrantes rumo à Europa (Foto: Warren Richardson/World Press Photo 2016)

 

O prêmio de fotografia World Press Photo, um dos mais prestigiosos do mundo em fotojornalismo, divulgou nesta quinta-feira (18) seus vencedores da edição 2016 - que leva em conta fotos feitas ao longo do ano anterior.

 

A foto do ano foi para o australiano Warren Richardson, com uma imagem que mostra um bebê de família migrante sendo passado por baixo de uma cerca de arame farpado na fronteira entre Hungria e Sérvia, em agosto de 2015. A cena também levou o 1º lugar na categoria "Notícias Factuais".

  

O brasileiro Mauricio Lima, que trabalha como freelancer para o jornal americano "The New York Times" e para outras publicações, foi o vencedor com a melhor foto na categoria "Notícias Gerais", com a imagem de um médico tratando as queimaduras de um jovem combatente do Estado Islâmico de 16 anos de idade perto de Hasaka, na Síria.

 

Foto do brasileiro Mauricio Lima, vencedora na categoria 'Notícias Gerais', mostra jovem integrante do Estado Islâmico ferido em combate na Síria (Foto: Mauricio Lima/World Press Photo 2016)

 

Outra imagem do brasileiro também aparece entre as vencedoras. A cena de crianças de uma tribo munduruku saltando no rio Tapajós em Itaituba (PA) foi eleita a 2ª melhor foto na categoria "Vida Diária"

 

Foto de crianças indígenas brasileiras saltando em rio foi eleita a 2ª melhor na categoria 'Vida Diária' (Foto: Mauricio Lima/World Press Photo 2016)

 

O júri do prêmio chegou aos vencedores após avaliar 82.951 fotos de 5.775 fotógrafos que se inscreveram no concurso. As inscrições vieram de 128 países diferentes.

 

Todas as imagens e séries premiadas podem ser vistas na página do World Press Photo. Veja abaixo imagens vencedoras em outras categorias destacadas pelo G1.

 

Formação de uma 'nuvem tsunami' na praia de Bondi, em Sydney, enquanto uma banhista lê um e-book foi a vencedora na categoria 'Natureza' (Foto: Rohan Kelly/World Press Photo 2016)

 

Chineses empurrando um carrinho em bairro vizinho a uma usina termoelétrica abastecida por carvão em Shanxi, na China, foi eleita a melhor foto na categoria 'Vida Diária' (Foto: Kevin Frayer/World Press Photo 2016)

Imagem de uma criança coberta por uma capa de chuva à espera em fila de registro de refugiados em um campo de Presevo, na Sérvia, foi eleita melhor foto na categoria 'Pessoas' (Foto: Matic Zorman/World Press Photo 2016)

Orangotango grita ameaçando outro macho que se aproxima na floresta de Batang Toru, na Indonésia. Série que retrata as dificuldades na sobrevivência da espécie levou o prêmio de melhor história na categoria 'Natureza' (Foto: Tim Laman/World Press Photo 2016)

Prédios de Tianjin, no norte da China, são vistos sob espessa camada de poluição, na foto eleita vencedora na categoria 'Assuntos Contemporâneos' (Foto: Zhang Lei/World Press Photo 2016)

O esquiador tcheco Ondrej Bank voa após batida durante campeonato em Colorado, nos EUA, em foto que ficou com o 1º lugar na categoria 'Esportes' (Foto: Christian Walgram/World Press Photo 2016)

O vulcão de Colima, no México, expele lava e nuvem de cinzas que gera raios durante a noite no município de Colima, na foto eleita 3ª melhor na categoria 'Natureza' (Foto: Sergio Tapiro/World Press Photo 2016)

Série que mostra histórias de mulheres que foram vítimas de estupro ou violência sexual durante o serviço militar nos EUA levou o 1º lugar na categoria 'Projetos de Longo Prazo' (Foto: Mary F. Calvert/World Press Photo 2016)

 

 

Grande vencedora
A "foto do ano", imagem em preto e branco intitulada "Esperança de uma nova vida", foi feita pelo fotógrafo independente Warren Richardson na noite de 28 de agosto de 2015, quando alguns refugiados tentavam entrar na Hungria.

 

A foto é "poderosa por sua simplicidade", disse o presidente do júri e diretor de fotografia da AFP, Francis Kohn. "Vimos esta foto cedo [no processo de seleção] e soubemos que era uma imagem importante".

 

Para Huang Wen, membro do júri e diretor de desenvolvimento de novas mídias da agência chinesa Xinhua, a foto é "perturbadora". "Você observa a ansiedade e a tensão de forma sutil. A imagem mostra a emoção e os sentimentos de um pai que tenta introduzir o filho no mundo ao qual deseja pertencer".

 

Na noite da foto, depois de passar cinco dias acampado com os refugiados, Warren Richardson viu a chegada de quase 200 pessoas que se deslocavam escondidas entre as árvores, ao longo da linha de fronteira. Primeiro fizeram passar as mulheres e as crianças, depois os pais de família e os idosos.

 

"Brincamos de gato e rato com a polícia a noite toda", disse o fotógrafo, citado no comunicado da World Press Photo.

 

"Eram três da manhã quando fiz a foto. Não podia usar o flash, porque a polícia tentava encontrar estas pessoas. Aproveitei apenas a luz da lua", explicou o australiano.

 

 

Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/02/world-press-photo-imagem-de-bebe-migrante-sob-cerca-e-eleita-foto-do-ano.html

 

Please reload

Featured Posts

PIERRE VERGER | O MENSAGEIRO

March 19, 2015

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags