Tamanho e Qualidade de arquivo é tudo a mesma coisa?

Texto: Carolina Engler.

31 de julho de 2020.

Assunto espinhoso esse porque depende um pouco de fabricante para fabricante as nomenclaturas usadas. Algumas marcas, como por exemplo a Nikon, usam o termo tamanho de arquivo para se referir à quantidade de megapixels da fotografia e qualidade para a taxa de compressão. Existe também quem coloque dentro da função qualidade tanto a quantidade de megapixels como a taxa de compressão como é o caso da Canon.


Contudo, tenho certeza que a explicação acima trouxe mais dúvidas do que alívio... Pois, afinal, o que são megapixels (ou pixel) e taxa de compressão?! Sim, existe uma porção de termos técnicos que pode ser bem confuso quando está se iniciando nessa área... Embora fotografe há 30 anos, ainda me lembro de quando estava fazendo a transição para o digital que esse era um dos assuntos mais nebulosos para mim e percebo que para os alunos do curso de fotografia aqui no Ateliê Cromo em Campinas / SP também.


Então vamos por partes:

Pixel - contração de picture element. Ou seja, o elemento do qual fotografia é feita. Veja a imagem abaixo:



A da esquerda foi construída a partir de poucos pontos grandes, por isso é pouco nítida. Enquanto que a da direita foi construída por muitos pontos pequenos e consequentemente é mais nítida. Quando falamos em megapixels é a mesma coisa que dizer milhão de pixels. Genericamente isso é conhecido como tamanho da imagem. Só que depois da fotografia ser gerada pela câmera com um determinado número de pixels passa a existir um arquivo, que será salvo no cartão de memória. A taxa de compressão diz respeito a essa ação: o arquivo pode ser salvo do tamanho real com o qual ele foi feito ou comprimido para ocupar menos espaço. Comprimir um arquivo também representa um prejuízo para o arquivo. É como dizem: não existe almoço grátis...


Nessas alturas você deve estar se sentindo como o rapaz ao lado... Quanto mais eu explico, menos você sabe o que fazer com tudo isso.


Então vou simplificar para você: essa discussão toda tem a ver em última instância com as possibilidade de uso de uma fotografia. Ou seja, ela vai ser impressa? de que tamanho será essa impressão? Ou vai ser usada num site ou mídia social? Para que eu possa imprimir é necessário tamanhos grandes de arquivo (que equivale a dizer com muitos megapixels) e sem compressão.


Trazendo para vida real: se você é um amador que só faz uso de suas fotografias no mundo virtual, pode se dar ao luxo de fotografar com menos megapixels e com taxa de compressão e a vantagem é poder fazer milhares de imagens num mesmo cartão de memória. Agora se você é profissional ou se tem pretensões autorais é melhor fotografar no maior tamanho que sua câmera permitir e sem taxa de compressão (preferencialmente em RAW, como já expliquei numa artigo anterior) e quando for fazer um uso virtual da fotografia salva uma versão diminuída.


Um grande abraço e até o próximo post!!!


Carolina Engler

0 visualização

Curso de Fotografia 

Campinas - Ateliê Cromo

As irmãs e fotógrafas

Carolina Engler e Juliana Engler fundaram o Ateliê Cromo em 1998, um aconchegante espaço que transpira e inspira criatividade na...

Facebook

Fale com a gente:

Fone: (19) 3234-8148
Whatsapp (19) 99297-9707 
ateliecromo@gmail.com
Rua Álvaro Müller, 151. 
Campinas / SP / Brasil
  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram
Horário de atendimento: segunda a quinta das 13 h às 18 h. Outros horários sob agendamento.