A história da foto

Texto: Carolina Engler.

13/05/2021.




Eu gosto muito de fazer foto noturna, a forma como as luzes e as cores ficam me encantam. Sempre que viajo aproveito para fazer algumas e essa aqui foi num hotel que eu e a Ju fomos há alguns anos.


Tinha um lago não muito perto da área construída e água é uma das coisas que costuma causar um certo impacto nas fotos noturnas (fica a dica). Então resolvi voltar à noite.


Só que não era uma área que tinha sido pensada para passeios noturnos, logo quase não tinha iluminação. Mas tinha um certo charme, então usei o farol do carro para iluminar o local – mais uma dica: quando não tem luz, improvise.


Fiz várias experimentações e essa foi minha preferida a luz do farol cria uma diagonal que cruza as linhas das montanhas logo atrás. Na volta trabalhei a foto e fiz duas versões diferentes... Ainda não tenho certeza qual me agrada mais, depende do dia.


A história está toda bonitinha né? Mas agora tem os detalhes nada glamourosos rsrsrs.


Nessa época eu ainda não dirigia, então fiz a Ju me levar lá para fotografar e embora ela seja super parceira, não se anima tanto com foto noturna como eu...


Para piorar eu a transformei numa assistente: fazia ela ficar movendo o carro para deixar a iluminação como eu queria... E ela cada vez mais preocupada de ficarmos sem bateria no meio do mato... Nem sei se ela se lembra disso rsrsrs. O que eu sei é que se tivéssemos ficado, teria valido a pena. Pode parecer loucura, né?


E você, costuma fazer tudo que é preciso para conseguir uma boa foto? Se esforça até o fim, não desiste até se realizar com o resultado obtido? Espero que sim!!! Desejo que as dificuldades não te impeçam de melhorar a cada dia suas fotografias e suas paixões!!!



Espero que tenham gostado!


até o próximo post,


Carol