Perspectivas alternativas – o mundo é uma bola


Fonte: Randy Slavin

A admiração pelo planeta, suas formas naturais e belas paisagens não vem de hoje. A natureza e seu entorno, por si só, já são poesias silenciosas e basta um olhar mais curioso e atento para registrá-las sob diferentes formas. Atento a isso, o premiado fotógrafo Randy Scott Slavin resolveu clicar uma série contínua de panoramas em 360 graus, no projeto nomeado “Alternate Perspectives”.

Com uma visão inusitada, o espectador do trabalho de Slavin parece estar dentro de uma onda ou redemoinho mesmo quando a paisagem é a “selva de concreto” de Nova York. Isto porque o mundo criado por ele é centralizado entre elementos como o céu e a água e conta com um arredondamento tridimensional da superfície plana. Essa escolha acaba conferindo um efeito de projeção estereográfica, o que permite a transformação de arranha-céus e arbustos em uma espiral cromática esplendorosa.

As duas partes da sua série fotográfica são baseadas nas incríveis obras do artista holandês Maurits C. Escher, que em seus trabalhos de xilogravura, litografia e meio-tom costumava representar construções do impossível, constantemente explorando o infinito. Tanto em Escher quanto em Slavin, a ilusão de ótica também é um elemento presente, o que permite uma espécie de lente distorcida da realidade.

Nem só técnica e habilidade dão forma ao trabalho do nova-iorquino, no entanto. Para que seu projeto fosse possível, Slavin teve de ser resistente, suportando climas extremos e a convivência com vida selvagem. Sua capacidade e tenacidade em enfrentar formigas, mosquitos, água-viva, chuva e queimaduras, além de clima e ambiente traiçoeiros foi fundamental para que ele conseguisse alcançar a maravilhosa recompensa de ver e fotografar tamanha beleza. Ainda assim, não é possível prever se um conjunto de imagens será bem sucedido como um panorama de 360 ​​graus até a pós-produção.

Dentre os lugares visitados pelo fotógrafo estão praias, florestas, desertos e espaços urbanos em locais como Miami, Los Angeles e Bridgehampton, em Long Island. Em Nova York, por exemplo, Slavin clicou cartões-postais ícones da cidade, como os outdoors gigantes de LED da Times Square e os novos edifícios no local do antigo World Trade Center, mas que, sob sua perspectiva, aparecem (quase) irreconhecíveis.

Fonte: http://www.afronte.com.br/perspectivas-alternativas-o-mundo-e-uma-bola/

#randyslavin #perspectivaalternativa #cursodefotografiaemcampinas #cursodefotografiacampinas

0 visualização

 

curso de fotografia infantil

 

curso de fotografia infantil em Campinas

 

curso de fotografia para crianças

 

book 

 

book em Campinas

 

book gestante

 

book gestante em Campinas